quinta-feira, 31 de julho de 2008

O meu signo


PEIXES


O sonhador.


Bom coração e pensativo.


Muito criativo e imaginativo.


Pode ficar reservado e vago.


Sensível.


Não gosta de detalhes. Tirando aqui esta frase, até que se adequa bem.


Sonhador e irreal.


Simpático e amoroso.


Desinteressado.


Bom beijador.


Bonito.

quarta-feira, 30 de julho de 2008

Férias


A três dias de ficar de férias, o cansaço já é bastante.

Hoje então a manhã foi para esquecer, mas bem tá quase.

Vamos ver se dá para ir uns diazinhos até a praia.

terça-feira, 29 de julho de 2008

Sexys


Lá pelos lados da tailândia, todas as mulheres que usam "aquilo" no seu pescoço são consideradas as mais sexys, vai lá vai que se a moda pega...

domingo, 27 de julho de 2008

Chegar atrasado


Esta é sem dúvida uma causa para chegar atrasado, ou não?
Já se imaginaram ou já passaram por uma situação parecida?
Eu nem sequer me consigo imaginar ali metida no meio!

quinta-feira, 24 de julho de 2008

Visitem

http://palavras-de-mim.blogspot.com/

Este é o meu novo cantinho, visitem.

sexta-feira, 18 de julho de 2008

Jornalismo português








Matemática desgraçada

A matemática tem coisas que nem Pitágoras explicaria.

Cá vai uma delas...

Pega uma calculadora pq não dá pra fazer de cabeça:

1- Digita os 3 primeiros algarismos do teu telefone (não consideres o indicativo 91, 93, 96, 21,...);
2- multiplica por 80.
3- soma 1.
4- multiplica por 250.
5- soma com os 4 últimos algarismos do mesmo telefone.
6- soma com os 4 últimos algarismos do mesmo telefone de novo.
7- diminui 250.
8- divide por 2.

Reconheces o resultado???????


É O NÚMERO COMPLETO DO TEU TELEFONE

Vamos lá toca a experimentar

... tem que casar!

Quase no fim de uma entrevista colectiva, um repórter fez a seguinte pergunta aos três políticos presentes:
- Senhores, se vocês fossem solteiros, com quem os senhores gostariam de se casar? O primeiro a responder foi Santana Lopes: - Eu casaria com a Soraia Chaves, a mulher mais bonita de Portugal!
Então, um bêbado, lá no fundo, batendo palmas, grita: - Isso mesmo, muito bem, casou pela beleza, vale, muito bem!!!

Logo após, Cavaco Silva deu a sua resposta: - Eu casar-me-ia com a minha actual esposa, pois eu amo-a e ela ama-me! O bêbado, mais uma vez: - Muito bem, está certo casou por amor, boa!!! Muito bem!!!
E então, o José Sócrates, demagogo como sempre, deu a sua resposta:
- Eu casaria com Portugal, meu coração pertence ao país!

O bêbado, mais eufórico que nunca, respondeu lá de trás:
- Sim senhor, muito bem, isso é que é um homem honrado: fo..., tem que casar...!!!

Carta a Deus

Um rapazito de 8 anos queria 100 euros e, para os obter, rezou durante duas semanas a Deus.Como nada acontecia, resolveu mandar uma carta ao Todo Poderoso com o pedido.Os CTT receberam uma carta dirigida a 'Deus - Portugal', e decidiram envia-la para o Primeiro-Ministro.

Jose Socrates ficou muito comovido com o pedido e resolveu mandar uma nota de 10 euros ao rapazito, pois achou que 100 euros, era muito dinheiro para uma criança daquela idade...O rapazito recebeu os 10 euros e, imediatamente, escreveu uma carta a agradecer:

"Querido Deus: Muito obrigado por me mandar o dinheiro que Lhe pedi.No entanto, reparei que mo mandou através do Primeiro-Ministro José Socrates, e como sempre, ficou com 90% do que era meu!!"

terça-feira, 15 de julho de 2008

Vaso chinês

Uma velha senhora chinesa possuía dois grandes vasos, cada um suspenso na extremidade de uma vara que ela carregava nas costas.

Um dos vasos era rachado e o outro era perfeito.

Este último estava sempre cheio de água ao fim da longa caminhada do rio até casa, enquanto o rachado chegava meio vazio. Durante muito tempo a coisa foi andando assim, com a senhora chegando a casa somente com um vaso e meio de água.

Naturalmente o vaso perfeito era muito orgulhoso do próprio resultado e o pobre vaso rachado tinha vergonha do seu defeito, de conseguir fazer só a metade daquilo que deveria fazer. Depois de dois anos, reflectindo sobre a própria amarga derrota de ser 'rachado', o vaso falou com a senhora durante o caminho:

'Tenho vergonha de mim mesmo, porque esta rachadura que eu tenho faz-me perder metade da água durante o caminho até a sua casa...' A velhinha sorriu: Reparaste que lindas flores há somente do teu lado do caminho? Eu sempre soube do teu defeito e portanto plantei sementes de flores na beira da estrada do teu lado. E todos os dia, enquanto a gente voltava, tu regava-las. Durante dois anos pude recolher aquelas belíssimas flores para enfeitar a mesa.

Se tu não fosses como és, eu não teria tido aquelas maravilhas na minha casa.
Cada um de nós tem o seu próprio defeito.

Mas é o defeito que cada um de nós tem, que faz com que nossa convivência seja interessante e gratificante.

É preciso aceitar cada um pelo que é... E descobrir o que há de bom nele.' Portanto, meu 'defeituoso' amigo/a, tenha um bom dia e lembre-se de regar as flores do seu lado do caminho...

Assim é que é!

CLIQUEM NA IMAGEM PARA AMPLIAR

Mas quem é que conseguia traduzir melhor? Vá digam lá!

Isto é amizade



Ser amigo é assim mesmo!

Grande abraço!

Ups...

-Senhor Bush tá-me a ouvir? Ei, tá lá?
-Tá-me a ouvir ou não?

- Hum, parece-me que estou a ficar muito mal dos meus ouvidos. É melhor ir ao médico.

segunda-feira, 14 de julho de 2008

Conduzir

Como é possível que certas pessoas tenham carta de condução?
Irra que isso faz-me cá uns nervinhos. Vai uma pessoa descansada no seu caminho quando de repente do seu lado direito está um cruzamento e nesse cruzamento encontra-se um veiculo parado e semi atravessado quase sem dar conta esse veiculo põe marcha atrás e não esta com meias medidas aí vai ele e não é que consegue atravessar-se mesmo à minha frente, vá lá consegui travar, e como nestas situações a minha mão tem de ir à buzina, assim foi buzinadela que é para ver se a pessoa se dá conta do que fez, só que eu ainda levei uma buzinadela maior.
Eram 4 senhoras dentro do veiculo quase todas ficaram de cabelos em pé ao verem o grave erro que a senhora condutora cometeu, esta por sua vez achou que tinha razão e toca de fazer gestos estranhos com as mãos dirigindo-se a mim, nestas siuações fervo, bastante por sinal mas consegui manter a calma, até porque não estava sozinha.
Gostava de encontrar essa senhora e perguntar-lhe umas coisinhas....

sexta-feira, 11 de julho de 2008

O nosso cérebro é doido !!!

De aorcdo com uma peqsiusa de uma uinrvesriddae ignlsea, não ipomtra em qaul odrem as Lteras de uma plravaa etãso, a úncia csioa iprotmatne é que a piremria e útmlia Lteras etejasm no lgaur crteo.
O rseto pdoe ser uma bçguana ttaol, que vcoê anida pdoe ler sem pobrlmea. Itso é poqrue nós não lmeos cdaa Ltera isladoa, mas a plravaa cmoo um tdoo.
Sohw de bloa.

Fixe seus olhos no texto abaixo e deixe que a sua mente leia corretamente o que está escrito.

35T3 P3QU3N0 T3XTO 53RV3 4P3N45 P4R4 M05TR4R COMO NO554 C4B3Ç4 CONS3GU3 F4Z3R CO1545 1MPR3551ON4ANT35! R3P4R3 N155O! NO COM3ÇO 35T4V4 M310 COMPL1C4DO, M45 N3ST4 L1NH4 SU4 M3NT3 V41 D3C1FR4NDO O CÓD1GO QU453 4UTOM4T1C4M3NT3, S3M PR3C1S4R P3N54R MU1TO, C3RTO? POD3 F1C4R B3M ORGULHO5O D155O! SU4 C4P4C1D4D3 M3R3C3!
P4R4BÉN5!


Então conseguiram?

quarta-feira, 9 de julho de 2008

Pai



Para ti meu pai

Pai,
Ninguém me avisou,
Ninguém me disse que ia ser tão de repente
Ninguém me disse que ia doer tanto,
Ninguém me disse que era para sempre.

Pai,
Agora já não estas aqui
Nunca mais vais estar,
Tenho tantas saudades
Mas, ninguém me disse
Que já não ias voltar.

Pai,
Ninguém me disse
Que os anos passam
Mas a dor não passa, só aumenta
Ninguém me disse não,
Que a vida ia tornar-se uma tormenta.

Pai
É o teu aniversário
Eu não me esqueci
Magoa-me tanto
Que não estejas aqui.

Pai
Ninguém me disse,
Mas, como pode alguém saber
Que a dor de uma perda
É tão forte, tão forte
Que só quem a sente, a sabe descrever.

terça-feira, 8 de julho de 2008

Por que é que os homens nunca ficam deprimidos?



Não é que eu queira que os homens fiquem deprimidos , mas quis entender certas coisitas e achei este artigo interessante.
Partilho-o com vocês.

Para compreender melhor o seu companheiro, esclarecemos este mistério do sexo oposto
Não é que eles sejam imunes à depressão, mas a verdade (desconcertante) é que os homens têm cerca de menos dois terços de hipóteses de deprimir, em relação a nós.


Porquê? Existem diversas teorias. Entre as mais comuns está o facto de, em geral, os homens terem uma vida mais fácil. Se não, pense connosco: não é verdade que a maioria das mulheres que conhece continua a assumir a maior parte das responsabilidades pelos filhos e pela casa, independentemente de quantas horas trabalha fora?

Acrescem ainda muitos outros factos que, apesar de parecerem ninharias, fazem toda a diferença. Aqui ficam alguns:

O mecânico diz sempre a verdade aos homens.
Eles nunca ficam em fila de espera para a casa de banho.
Umas férias de cinco dias requerem apenas uma pequena mochila.
O mesmo trabalho, maior salário.
As rugas dão-lhes charme.
O mesmo corte de cabelo serve-lhes durante anos, ou mesmo décadas.
Eles nunca vêem o pó e a roupa suja que se acumula pela casa.
Só precisam de depilar o rosto e o pescoço.
Podem usar calções sem problemas de mostrar as pernas.
Têm liberdade para decidir se querem, ou não, deixar crescer o bigode.
Têm-nos a nós que os mimam todos os dias. Em suma, eles têm tudo para ser felizes.


A responsabilidade editorial desta informação é da revista
SABER
VIVER

A dança para cada signo

Para cada signo uma dança, vejam lá qual vos corresponde o meu está correcto é realmente verdade, gosto muito de dança jazz. Saudades do tempo em que dançava já lá vão 15 anos como o tempo passa, mas há coisas que nunca se esquecem, ainda me lembro dos passos .Gostava até de voltar a dançar...

Carneiro
Estes nativos apreciam o movimento, o dinamismo, e têm sempre energia para dar e vender. Uma dança cheia de ritmo, e que ao mesmo tempo exija força e carisma é aquela que melhor se adequa à sua personalidade. Nesse sentido, o Flamenco e todas as danças Sevilhanas têm uma carga energética masculina, possante, e serão do agrado dos nativos deste signo regido por Marte, pois permitem a Carneiro esbanjar sensualidade e encenar cenas de grande dramatismo e tensão erótica.

Touro
Se por um lado os nativos de Touro têm uma grande paixão pela música e o seu lado Venusiano lhes dá sensibilidade e aptidão para a dança, por outro lado este signo não é adepto de grande agitação, optando muitas vezes por ficar a observar os outros a dançar, confortavelmente instalado numa cadeira. Contudo, o hip hop é uma dança que lhe permite libertar os seus movimentos e dar largas à imaginação, ao seu ritmo, sem pressas.

Gémeos
Nervosos e irrequietos, os nativos de Gémeos pulsam freneticamente ao som de uma batida mais ritmada. Um estilo de dança quente como o samba faz as delícias destes nativos, permitindo-lhes soltarem o seu lado mais ousado e brincalhão. Gémeos gosta de ter público a vê-lo dançar e aprecia os jogos de sedução, provocando e ao mesmo tempo mantendo sempre a alegria jovial que os caracteriza.

Caranguejo
Caranguejo não prima pela ousadia, no entanto, os nativos deste signo possuem uma grande sensualidade inata, que apenas precisa de sentir confiança para se libertar. Assim sendo, a Salsa é um ritmo adequado pois ao mesmo tempo que é alegre é uma dança cheia de movimentos quentes e sedutores, que permite a Caranguejo evidenciar a sua beleza e dar largas à imaginação soltando-se em movimentos voluptuosos, sentindo-se ao mesmo tempo seguro nos braços do seu par.

Leão
Leão dança para seduzir o público que o observa e, ao mesmo tempo, dança com um fervor apaixonado para si próprio. Este signo quente por excelência vibra com o dramatismo erótico de um Tango, que lhe permite encenar as mais diversas cenas de domínio e paixão, que tanto se identificam com a sua personalidade intensa e muito sensual. Os nativos de Leão são impetuosos e dominadores, e gostam da sensação de terem vários pares de olhos cravados neles, e de suscitarem a admiração e o desejo de quem os observa.

Virgem
Os nativos de signo Virgem são bastante perfeccionistas e até na dança o seu patamar de exigência consigo mesmos e com o seu par é bastante elevado. Apreciam uma modalidade que exija domínio técnico e que lhes permita um desafio, e uma dança de salão como o Cha Cha Cha pode ser do seu agrado. No entanto, existe subjacente à personalidade dos nativos de Virgem um sexualidade ousada que apenas espera o momento para se soltar, o que pode acontecer ao som de uma Lambada, e deixar os nativos deste signo de sorriso nos lábios.

Balança
A personalidade harmoniosa e doce de Balança adequa-se bem a todo o tipo de dança, e este é provavelmente o signo com maior número de bailarinos. A regência do planeta Vénus transmite aos seus gestos e aos seus passos encanto e graciosidade, razão pela qual os nativos de Balança podem sentir uma atracção natural pelo Ballet clássico, conseguindo alcançar ao mesmo tempo uma grande leveza de movimentos e um aperfeiçoado rigor técnico, que sabem traduzir num estilo harmonioso e encantador enquanto dançam.

Escorpião
A sensualidade inata de Escorpião não se mostra de imediato, preferindo enredar o seu alvo numa bem montada teia de sedução. A dança é, para os nativos deste signo, uma forma de evidenciarem o seu corpo de forma envolvente e transmitirem a quem os observa toda a intensidade emocional que existe dentro deles. Uma dança de sedução como a dança oriental será do agrado das nativas deste signo, pois requer um domínio absoluto do corpo ao mesmo tempo que expressa uma enorme envolvência e feminilidade. Os homens deste signo gostarão de uma dança dramática e intensa, como o flamenco, e as nativas mais ousadas terão certamente interesse em aprender a dança do varão.

Sagitário
A boa-disposição e o Fogo expansivo que caracteriza aqueles que nascem sob o signo de Sagitário fazem com que estes certamente apreciem as batidas intensas das danças africanas. Ao mesmo tempo, a vertente tribalista destas danças está intimamente associada à ligação à Natureza e ao apego às raízes que também se identificam com os nativos deste signo, assim como a sensualidade expressiva que o Kizomba ou o Kuduro permitem.

Capricórnio
Para os nativos de Capricórnio, até na dança é necessário manter uma certa pose e aura de domínio. Não gostam de parecer perder o controlo da situação e dificilmente se soltam numa dança ousada, a não ser que estejam num ambiente extremamente familiar. Sentem-se mais atraídos por um estilo clássico, cheio de glamour e distinção, como é o caso da Valsa, em que o rigor e o perfeccionismo se traduzam num encanto clássico e majestoso.

Aquário
O espírito revolucionário e independente dos nativos de Aquário faz com que estes apreciem um estilo livre de dança, sem qualquer restrição de movimentos. Assim sendo, a Dança Contemporânea vai ao encontro da personalidade de quem nasce sob este signo, pois permite dar largas à imaginação com ousadia e sem seguir convenções. O break dance é outro tipo de dança que satisfaz os nativos deste signo, dando-lhes a possibilidade de manifestarem o seu estilo individual.

Peixes
Peixes é um signo naturalmente melódico e que aprecia todo o tipo de música. A personalidade destes nativos é suave e ao mesmo tempo gosta de exibir uma sensualidade sem exageros, mas cativante. A dança jazz, sendo moderna e permitindo liberdade de movimentos, adequa-se muito bem ao seu sentido rítmico e permite-lhe libertar a sua intensidade emotiva enquanto dança, de forma criativa e harmoniosa

Novo Volkswagen




É UM CASO A PENSAR SIM SENHOR !

AFINAL O PREÇO DA GOSOLINA NÃO PARA DE AUMENTAR...

segunda-feira, 7 de julho de 2008

quinta-feira, 3 de julho de 2008

...

Hoje nem sei, falta qualquer coisa...
Há dias assim.

quarta-feira, 2 de julho de 2008

Divirtam-se

Visita inesperada
Será que parou no sinal vermelho?

Como é que entrou para ali?



Dicionário faz falta




Grande estacionamento!



"Maleta vermelha"

Já ouviram falar nas reuniões da "Maleta Vermelha"? Ainda não?

Pois já temos na Covilhã assessoras para realizarem reuniões.

Para quem não sabe a "Maleta vermelha"é, e passo a citar, «a filosofia da maleta é desmistificar e tirar muitos tabus sexuais, através de reuniões divertidas, onde se fala de tudo o que afecta e agrada as mulheres, pois através da partilha de experiências muitas chegam à conclusão de que, por vezes, não são as únicas a ter determinados tipos de complexos, tabus e receios.»

Eu já assisti a uma reunião e achei-a bastante interessante, deixo aqui o contacto das assessoras para quem estiver interessada em obter todas as informações e até combinar uma reunião.
Podem fazê-lo através do seguinte e-mail: cris.te.mvermelha@gmail.com

Mais imagens engraçadas

Que vos parece


Sem comentários

terça-feira, 1 de julho de 2008

Um exemplo a seguir

Recebido por e-mail


Carta de um cliente ao BES - Fantástico! (Esta carta foi direccionada ao banco BES, porém devido à criatividade com que foi redigida, deveria ser direccionada a todas as instituições financeiras.)

" Ex mos. Senhores Administradores do BES Gostaria de saber se os senhores aceitariam pagar uma taxa, uma pequena taxa mensal, pela existência da padaria na esquina da v/. Rua, ou pela existência do posto de gasolina ou da farmácia ou da tabacaria, ou de qualquer outro desses serviços indispensáveis ao nosso dia-a-dia. Funcionaria desta forma: todos os senhores e todos os usuários pagariam uma pequena taxa para a manutenção dos serviços (padaria, farmácia, mecânico, tabacaria,frutaria, etc.). Uma taxa que não garantiria nenhum direito extraordinário ao utilizador. Serviria apenas para enriquecer os proprietários sob a alegação de que serviria para manter um serviço de alta qualidade ou para amortizar investimentos. Por qualquer outro produto adquirido (um pão, um remédio, uns litro de combustível, etc.)o usuário pagaria os preços de mercado ou, dependendo do produto, até ligeiramente acima do preço de mercado. Que tal? Pois, ontem saí do BES com a certeza que os senhores concordariam com tais taxas. Por uma questão de equidade e honestidade. A minha certeza deriva de um raciocínio simples. Vamos imaginar a seguinte situação: eu vou à padaria para comprar um pão. O padeiro atende-me muito gentilmente,vende o pão e cobra o serviço de embrulhar ou ensacar o pão, assim como todo e qualquer outro serviço. Além disso impõe-se taxas de. Uma"taxa de acesso ao pão", outra "taxa por guardar pão quente" e ainda uma "taxa de abertura da padaria". Tudo com muita cordialidade e muito profissionalismo, claro. Fazendo uma comparação que talvez os padeiros não concordem, foi o que ocorreu comigo no meu Banco.Financiei um carro, ou seja, comprei um produto do negócio bancário.Os senhores cobram-me preços de mercado, assim como o padeiro cobra-me o preço de mercado pelo pão. Entretanto, de forma diferente do padeiro, os senhores não se satisfazem cobrando-me apenas pelo produto que adquiri. Para ter acesso ao produto do v/ negócio, os senhores cobram-me uma "taxa de abertura de crédito"- equivalente àquela hipotética "taxa de acesso ao pão", que os senhores certamente achariam um absurdo e se negariam a pagar.Não satisfeitos, para ter acesso ao pão, digo, ao financiamento, fui obrigado a abrir uma conta corrente no v/ Banco. Para que isso fosse possível, os senhores cobram-me uma "taxa de abertura de conta". Como só é possível fazer negócios com os senhores depois de abrir uma conta, essa "taxa de abertura de conta" se assemelharia a uma "taxa de abertura de padaria", pois só é possível fazer negócios com o padeiro, depois de abrir a padaria. Antigamente os empréstimos bancários eram popularmente conhecidos como "Papagaios". Para gerir o "papagaio",alguns gerentes sem escrúpulos cobravam "por fora", o que era devido.Fiquei com a impressão que o Banco resolveu antecipar-se aos gerentes sem escrúpulos. Agora, ao contrário de "por fora" temos muitos "por dentro". Pedi um extracto da minha conta - um único extracto no mês- os senhores cobram-me uma taxa de 1 EUR. Olhando o extracto,descobri uma outra taxa de 5 EUR "para manutenção da conta" -semelhante àquela "taxa de existência da padaria na esquina da rua".A surpresa não acabou. Descobri outra taxa de 25 EUR a cada trimestre- uma taxa para manter um limite especial que não me dá nenhum direito. Se eu utilizar o limite especial vou pagar os juros mais altos do mundo. Semelhante àquela "taxa por guardar o pão quente".Mas os senhores são insaciáveis. A prestável funcionária que me atendeu, entregou-me um desdobrável onde sou informado que me cobrarão taxas por todo e qualquer movimento que eu fizer. Cordialmente,retribuindo tanta gentileza, gostaria de alertar que os senhores se devem ter esquecido de cobrar o ar que respirei enquanto estive nas instalações de v/. Banco. Por favor, esclareçam-me uma dúvida: até agora não sei se comprei um financiamento ou se vendi a alma? Depois de eu pagar as taxas correspondentes talvez os senhores me respondam informando, muito cordial e profissionalmente, que um serviço bancário é muito diferente de uma padaria. Que a v/ responsabilidade é muito grande, que existem inúmeras exigências legais, que os riscos do negócio são muito elevados, etc., etc., etc. e que apesar de lamentarem muito e de nada poderem fazer, tudo o que estão a cobrar está devidamente coberto pela lei, regulamentado e autorizado pelo Banco de Portugal. Sei disso, como sei também que existem seguros e garantias legais que protegem o v/ negócio de todo e qualquer risco.Presumo que os riscos de uma padaria, que não conta com o poder de influência dos senhores, talvez sejam muito mais elevados. Sei que estão legais, mas também sei que são imorais. Por mais que estejam protegidos pelas leis, tais taxas são uma imoralidade. O cartel algum dia vai acabar e cá estaremos depois para cobrar da mesma forma. "